Česká města
Zahraniční města

A Esperança Maior

ÁUSTRIA

 

A Esperança Maior, o romance auto-biográfico de Ilse Aichinger, publicado em 1948, continua a desafiar os seus leitores. Numa linguagem imaginativa, fala-nos do medo, da ameaça e da esperança resistente das «crianças com avós errados»: Estas crianças que, de acordo com as «leis de Nuremberg» dos nazis, eram consideradas judias ou – como a personagem principal, Ellen – meias judias, sujeitas a humilhações, isolamento e escárnio. Mas quando se desfaz a sua esperança de poderem emigrar, surge uma «esperança maior». Ela é a certeza de que «um dia acabará a despedida, e começara o reencontro», no qual se confundirão sofrimento e amor: «Podem denegrir, chicotear, e matar-nos, mas só nos conseguem ferir onde se quer amar ou ser amado.» É esta esperança que coloca as vítimas acima dos seus agressores. 

 

Tradução: Helena Topa